DicasDicas

Eritema Nodoso – Dr. Fabiano Siviero Pacheco abr 22, 2019 | PALAVRA DO DERMATO

O Eritema Nodoso é uma doença não contagiosa caracterizada por uma inflamação na camada gordurosa sob a pele (paniculite), formando nódulos dolorosos principalmente nas pernas. Na maior parte das vezes tem duração de poucas semanas, mas pode evoluir por tempo prolongado. É mais frequente em mulheres, com idade entre 20-40 anos, sendo menos comum em crianças e idosos.

Normalmente tem início com dores articulares, mal-estar e febre. Na pele, notamos nódulos (caroços) nos tornozelos de tamanho variado, quentes, endurecidos, de cor inicialmente avermelhada e depois arroxeada, trazendo limitação ao movimento habitual do paciente. Cada nódulo dura cerca de 2 semanas.

Sua causa é variada, sendo a mais comum a origem desconhecida (idiopática), mas também medicações (como sulfas e anticoncepcionais), a gestação, tumores e infecções bacterianas (como o estreptococo e a tuberculose) ou virais.
Seu diagnóstico é feito pelo exame clínico do paciente. Se necessário, são coletados exames de sangue e, em algumas situações, é realizada uma biópsia (coleta de fragmento) das lesões.

Seu tratamento é variado e consiste em corrigir a origem da doença (quando detectada) e proporcionar medidas de conforto como o repouso, medicações anti-inflamatórias e analgésicas e corticóides, visando minimizar o incômodo trazido pelas lesões.

Em caso de suspeita, o paciente deve procurar o médico dermatologista, profissional habilitado a realizar o diagnóstico e iniciar o tratamento mais adequado.

Autor: Dr. Fabiano Siviero Pacheco

topo